Dúvidas e Suporte

Certificados A1 - Emissão e Instalação

Configurar o navegador

Antes de iniciar a emissão/renovação do seu Certificado Digital, atente-se a essas informações:

  • - o procedimento deve ser feito no navegador Google Chrome;
  • - É preciso que instale os componentes Extensão Certisign e CertiPlugin antes de iniciar a emissão do seu Certificado. Para instalá-los corretamente, siga o passo a passo.

SEU COMPUTADOR ESTÁ UTILIZANDO

Sistema Operacional:
- Bits

Navegador:

1. Clique no botão abaixo para adicionar a Extensão Certisign ao seu navegador Google Chrome.

2. Clique no botão "Usar no Chrome".

3. Agora clique em “adicionar extensão”.

4. Observação: não aconselhamos ativar a sincronização. Ao ativá-la, aparecerão todas as suas extensões em qualquer computador que estiver logado(a) com a sua conta Google.

5. A extensão já foi adicionada ao seu navegador Chrome! Agora volte ao topo da página e siga as instruções para a instalação do Certiplugin.

1. Clique no botão abaixo para fazer download do CertiPlugin.

2. Clique sobre o download para iniciar a instalação do plugin.

3. Clique em “Next”.

4. Deixe o local de instalação padrão e clique em "Next" novamente.

5. Em seguida, clique em “Install”.

6. Por fim, clique em "Finish". Pronto! Agora você já pode emitir o seu Certificado Digital.

Pronto! Após a conclusão da instalação dos dois componentes (extensão e plugin), seu navegador Chrome estará preparado para renovar ou emitir certificados digitais da Certisign.

EMISSÃO A1

SEU COMPUTADOR ESTÁ UTILIZANDO

Sistema Operacional:
- Bits

Navegador:

Se você já instalou os componentes Certiplugin e Extensão Certisign (etapa 1), poderá dar início à emissão do seu Certificado Digital. Para começar o processo, tenha em mãos:

  • - o Código de Emissão 1, entregue durante o atendimento;
  • - o Código de Emissão 2, enviado para o e-mail de emissão do Certificado.

1. Abra a sua conta de e-mail, localize a mensagem recebida após a realização do seu atendimento e clique no link de emissão. Veja o exemplo ao lado.

(imagem meramente ilustrativa)

2. Feito isso, clique em “Avançar”.

3. Digite o Código de Emissão 1, entregue pelo Agente de Registro durante o atendimento, e o Código de Emissão 2, enviado para o e-mail de emissão.

4. Clique em “Avançar” novamente.

5. Confirme se os dados estão corretos e clique em "Avançar".

6. Cadastre uma senha para o seu Certificado e clique em "OK".

7. Pronto! Sua emissão foi finalizada com sucesso.

8. O arquivo do seu Certificado aparecerá automaticamente na área de trabalho do seu computador.

IMPORTANTE

anote a senha cadastrada durante a emissão e guarde o arquivo do Certificado Digital em um local seguro. Nesse caso, é válido que, inclusive, salve uma cópia do Certificado em outro local além da máquina (pen drive, HD externo, plataformas de armazenamento em nuvem etc). Isso servirá como backup caso você tenha problemas no computador.

Importação e Exportação do Certificado Digital A1

O que deseja fazer?

Selecione o sistema operacional que você utiliza

Importação do Certificado A1 - Windows

Importante

  • A importação do Certificado Digital é feita quando há a necessidade de utilizá-lo em uma máquina diferente daquela em que o Certificado foi emitido/instalado. Por isso, antes de importá-lo, você deverá realizar a etapa da exportação.
  • O Certificado Digital do tipo A1 é um arquivo com a extensão .pfx que é armazenado em sua área de trabalho automaticamente após a emissão.
  • Se você não renomeou o arquivo, o nome dele poderá ser o número do pedido do Certificado ou o nome do titular (sempre com a extensão .pfx).
  • Tenha em mãos a senha do seu Certificado, a qual foi cadastrada durante a emissão.
  • Selecionar como confiável o Certificado e as hierarquias.

1. Localize o Certificado A1 (arquivo com a extensão .pfx) no seu computador e/ou na pasta para a qual o Certificado foi exportado. Caso não esteja na área de trabalho, você poderá procurar pelo número do pedido ou pela extensão: *.pfx os digitando no menu “Iniciar”.

2. Abra o arquivo do Certificado que deseja importar clicando sobre ele. E seguida, abrirá uma tela de “boas-vindas”. Sem realizar qualquer alteração, clique em "Avançar".

3. Você verá, aqui, o caminho do Certificado. Apenas clique em "Avançar" novamente.

4. Digite a senha do Certificado (cadastrada durante o processo de emissão). Deixe a segunda e terceira opções marcadas e, de novo, clique em "Avançar".

5. Sem realizar qualquer alteração, deixando a opção automática selecionada, clique em "Avançar".

6. Aparecerá um breve resumo sobre as configurações selecionadas até o momento. Clique em "Concluir".

7. Por fim, você verá a janela de conclusão com sucesso da importação. Clique em "OK". Pronto! Seu Certificado foi importado.

8. Agora você irá para a segunda etapa, a qual é essencial para que o Certificado tenha importado tenha a sua autenticidade garantida.



Importação do Certificado A1 - MAC

Importante

  • A importação do Certificado Digital é feita quando há a necessidade de utilizá-lo em uma máquina diferente daquela em que o Certificado foi emitido/instalado. Por isso, antes de importá-lo, você deverá realizar a etapa da exportação.
  • O Certificado Digital do tipo A1 é um arquivo com a extensão .pfx.
  • A emissão/instalação deverá ser feita em um computador com Windows e, para que possa ser utilizado em uma máquina com sistema macOS, deverá ser exportado (etapa anterior a esta).
  • Sugerimos que salve o arquivo na área de trabalho.
  • Tenha em mãos a senha do seu Certificado, a qual foi cadastrada durante a emissão.
  • Selecionar como confiável o Certificado e as hierarquias.

1. Localize o Certificado em sua área de trabalho (ou na pasta que estiver) e dê um clique duplo sobre ele.

2. 2. Na janela que aparecerá, digite a senha do Certificado e clique em “ok”.

3. Pronto! O Certificado já foi importado e poderá ser visualizado no "acesso a chaves". Para acessá-lo, clique no cadeado "Login" no canto superior esquerdo e depois na categoria "Certificados" na lateral esquerda.

Sistema operacional

Navegador

Exportação do Certificado A1 – Windows (Chrome)

Importante

  • A exportação do Certificado Digital é feita quando há a necessidade de utilizá-lo em uma máquina diferente daquela em que o Certificado foi emitido/instalado. Por isso, depois de exportá-lo, você deverá realizar a etapa da importação.
  • O Certificado Digital do tipo A1 é um arquivo com a extensão .pfx que é armazenado em sua área de trabalho automaticamente após a emissão.
  • Se você não renomeou o arquivo, o nome dele poderá ser o número do pedido do Certificado ou o nome do titular (sempre com a extensão .pfx).
  • Tenha em mãos a senha do seu Certificado, a qual foi cadastrada durante a emissão.
  • Selecionar como confiável o Certificado e as hierarquias.

1. Abra o navegador do Google Chrome e, em seguida, abra o menu do Google Chrome localizado no canto superior direito. Feito isso, clique em “definições”.

2. Agora, digite “Certificados” no campo de busca na parte superior da tela e, em seguida, clique em “Gerir Certificados”.

3. No menu “Opções da Internet”, clique na aba “Conteúdo” e depois em “Certificados”.

4. Na aba “Pessoal”, selecione o Certificado que irá exportar e clique em “exportar”.

5. Em seguida clique em “Avançar”.

6. Agora, marque a opção “Sim, exportar essa chave privada”.

7. Feito isso, escolha a opção “Incluir todos os certificados no caminho de certificação, se possível” e clique, novamente, em “Avançar”.

8. Em seguida, digite e confirme a senha da cópia de segurança e clique em “Avançar”.

9. Clique, agora, em “Procurar”.

10. Selecione o diretório aonde a cópia será salva, digite o nome do arquivo e clique em “Salvar”.

11. Após selecionar o local em que deseja salvar o Certificado, clique em “Avançar”.

12. Em seguida clique em “Concluir” e, depois, “Ok”. Pronto! Seu Certificado foi exportado para o local escolhido.



Exportação do Certificado A1 – Windows (Explorer)

Importante

  • A exportação do Certificado Digital é feita quando há a necessidade de utilizá-lo em uma máquina diferente daquela em que o Certificado foi emitido/instalado. Por isso, depois de exportá-lo, você deverá realizar a etapa da importação.
  • O Certificado Digital do tipo A1 é um arquivo com a extensão .pfx que é armazenado em sua área de trabalho automaticamente após a emissão.
  • Se você não renomeou o arquivo, o nome dele poderá ser o número do pedido do Certificado ou o nome do titular (sempre com a extensão .pfx).
  • Tenha em mãos a senha do seu Certificado, a qual foi cadastrada durante a emissão.
  • Selecionar como confiável o Certificado e as hierarquias.

1. Abra o navegador Internet Explorer e clique em "Ferramentas” ou no desenho da engrenagem, que fica localizado no canto superior direito. Em seguida, vá em "Opções da Internet".

2. Em seguida, clique na aba "conteúdo" e, depois, em "Certificados".

3. Na aba "Pessoal", selecione o Certificado que irá exportar. Feito isso, clique, então, em "Exportar".

4. Em seguida, clique em "Avançar".

5. Agora, marque a opção "Sim, exportar a chave privada".

6. Marque a opção "Incluir todos os Certificados no caminho de Certificação, se possível" e clique novamente em "Avançar".

7. Em seguida, digite e confirme a senha da cópia de segurança (mesma criada no ato da emissão) e clique em "Avançar".

8. Após inserir a senha, clique em "Procurar".

9. Agora, selecione o local onde a cópia será salva. Digite o nome do arquivo (sem alterar sua extensão/formato) e clique em "Salvar".

10. Após selecionar o local de armazenamento, clique em "Avançar";

11. Em seguida clique em "Concluir" e "Ok". Pronto! Seu Certificado foi exportado para o local escolhido.

Exportação do Certificado A1 – macOS

Importante

  • A exportação do Certificado Digital é feita quando há a necessidade de utilizá-lo em uma máquina diferente daquela em que o Certificado foi emitido/instalado. Por isso, depois de exportá-lo, você deverá realizar a etapa da importação.
  • O Certificado Digital do tipo A1 é um arquivo com a extensão .pfx que é armazenado em sua área de trabalho automaticamente após a emissão.
  • Se você não renomeou o arquivo, o nome dele poderá ser o número do pedido do Certificado ou o nome do titular (sempre com a extensão .pfx).
  • Tenha em mãos a senha do seu Certificado, a qual foi cadastrada durante a emissão.
  • Selecionar como confiável o Certificado e as hierarquias.

1. Abra o navegador Mozilla Firefox e abra o menu localizado na parte superior direita do navegador, o qual é sinalizado por três barras. Feito isso, clique em "opções ou preferências".

2. Em seguida, clique em "Avançado ou Privacidade e Segurança". No campo de busca, localizado no canto superior direito, digite "Certificado". Após escrever a palavra, clique em "Ver Certificados".

3. Em seguida, clique na aba "Seus Certificados".

4. Após clicar na aba "Seus Certificados", selecione o Certificado que deseja exportar, e, em seguida, clique em "Backup".

5. Agora, selecione o local onde a cópia do Certificado será salva e clique em "Salvar".

6. Digite e confirme uma senha para a cópia do Certificado, e Clique em "Ok". Sugerimos que insira, aqui, a mesma senha do Certificado, criada durante a emissão do Certificado.

7. Clique em "Ok" e, em seguida, em "Ok" novamente. Pronto! O Certificado já foi exportado com sucesso.

Pronto! O certificado já foi importado com sucesso. Agora você precisará seguir a etapa 2 e instalar as hierarquias de certificação no repositório para garantir a confiança deste certificado.

Teste seu Certificado

* Teste disponível para os navegadores Internet Explorer, Google Chrome e Safari.

Verifique, em tempo real, as informações do(s) Certificado(s) plugado(s) ou instalado(s) em seu computador, como a data de validade. Nesta seção, também é possível testar a mídia criptográfica, nos casos de Certificados armazenados no Cartão/Token.

Precisa de informações sobre outros assuntos?